terça-feira, 21 de abril de 2009

Mulher de presidiário soy yo


É só eu ir até ali no Brasil dar uma oxigenada, que o marido apronta 1001.
Acreditam que foi preso por arruaceiro num jogo de futebol, com direito a camburão e ficha policial?
Diz que estava sóbrio, que o baderneiro de plantão era um amigo, mas wrong place , wrong time, foi junto na leva.
E o pior: achou divertidíssimo e foi tirando fotos da situação e dos policiais no percurso. Alguém merece?
Detalhe é que se fichado for ficar mesmo , bye bye USA, adeus NY! Porque né, lá eles pedem a ficha do índio que vai chegar.
Ainda por cima, me liga sogra, aos gritos, dizendo que saiu uma página inteira no jornal local falando do acontecido.
E a pergunta é: e eu com isso?

3 comentários:

Serginho Tavares disse...

seu marido é o que está dentro do carro, no camburão, soltando sangue pelo cu? peça divórcio. merece coisa melhor!

Marrie disse...

nadaaaaa
imaginaaa que o marido seria esse maloqueiro pé-rapado!
hahahaha
certo que mereço coisa melhooor que isso aiiiiii!

Serginho Tavares disse...

ufa!