sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Passarinho quer voar?

Tava a moça no metrô , tranquila, quando de repente um cara senta na frente dela e começa a se masturbar. Ela fez uma foto do cara com o celular e foi até a delegacia, pra ouvir que isso não era crime que ela devia ligar pro 311 (seja lá o que o 311 for).
Olha, não sou advogada nem nada, mas atentado ao pudor não é crime?

O foda é que a situação é tão constrangedora por si só, que a "vítima" às vezes nem sabe como reagir. Isso já aconteceu comigo. Na verdade não COMIGO, mas perto de mim.
Tava na estação de trem numa friday night, um frio do cão quando de repente um cara abre a calça, põe piupiu pra fora e fica ali brincando com as partes. Na real ele ficava caminhando e gemendo, sem realmente olhar pra ninguém. A galera congelou, ninguém fez nada.
Até que quando ele decidiu gozar, HIGIENICAMENTE, tirou um lencinho do bolso de trás da calça e se limpou, numa tranquilidade de fazer inveja aos passantes.

E aí, faz o quê numa situação dessas?

4 comentários:

Bubbles disse...

ajoelha e reza! lol
Cade a foto???

Marrie disse...

Naquela época eu não meu tinha HTC!

Ariel disse...

que bizarro
faz parte né?
cada doido com sua mania
=P

bjinhos docinhos

Dri Viaro disse...

Oi, passei pra conhecer seu blog, e desejar boa semana.
bjs

aguardo sua visita :)